As oportunidades para Micro e Pequenas empresas no Natal:

O natal é um dos eventos mais lucrativos do ano, envolvendo o mundo inteiro em uma celebração que muitas vezes resulta nas melhores ofertas do mercado para o consumidor.

Estamos vivendo um ano muito diferente de qualquer outros nos últimos anos, já que todo o mundo foi afetado por uma crise global, o que não deve ser motivo para deixar de celebrar momentos que aproximam, mesmo que emocionalmente, todas as pessoas.

Se até então era popularmente dito que um ano só começa depois do carnaval, este ano podemos dizer que a frase foi ressignificada. O mundo aguarda por uma vacina, e talvez o mais sábio hoje seja dizer que o ano começa após uma vacina.

Embora essas adaptações e esse novo estilo de vida tenha impactado o mercado de diversas maneiras, os empreendedores precisam se adaptar entender como devem responder para que seus empreendimentos continuem em bons termos durante a quarentena.

As oportunidades para Micro e Pequenas empresas no Natal

Se tem uma lição que a quarentena nos ensinou foi a importância das empresas disponibilizarem seus serviços ou suas mercadorias para serem acessados remotamente ou enviadas para qualquer endereço.

O Natal sempre foi uma data importante para a vida das pequenas e médias empresas, em especial dos comerciantes, que muitas vezes ganham uma relevância que vale por todo o resto do ano, já que é um momento de alta demanda e oferta.

As grandes oportunidades para as empresas está justamente na oferta de conveniência de seus serviços e produtos, prova isso é o aumento de entregas via correio e a alta de assinatura de serviços online como a Netflix ou até mesmo nas entregas de comida.

Neste momento, caso o seu mercado de atuação permita, você tem a possibilidade de potencialmente economizar em infraestrutura enquanto mostra ao cliente que está contribuindo para que toda a situação mude logo enquanto continua oferecendo o melhor serviço ou produto possível.

É também uma oportunidade de explorar os canais digitais, de se aproximar; mesmo de longe, do consumidor final, e eventualmente descobrir que o espaço físico nunca foi um requisito para o funcionamento de seu modelo e negócios.

Em geral é tudo baseado em ações legais e preventivas, mas que podem servir para a reflexão sobre a empresa como um todo.

A quarentena abriu as portas para novos modelos de negócios que possam atender a população de maneira segura, e com isso, nasceram alguns serviços e outros foram intensificados, como é o caso de:

  1. Delivery de pães e outros preparos de padaria.
  2. Intensificação de delivery nos supermercados.
  3. Venda e produtos artesanais.
  4. Franquias digitais.
  5. Revenda de produtos.

Esses modelos de negócio reaproximam as marcas do consumidor ao propor uma nova maneira de fazer coisas que já faziam parte de sua rotina antes da quarentena, e isso pode representar um impacto positivo na rotina das pessoas que sentem falta disso.