Incentivo ao Empreendedorismo

Nós da RJR Alimentos sempre incentivamos o empreendedorismo e estamos aqui para ajudar a te inserir nesse ramo!

Já viram essa matéria que saiu na Revista Penas Empresas & Grandes Negócios? “Aberta com R$ 3 mil, pizzaria vira rede de sucesso e fatura R$ 26 milhões por ano”

Como imaginar que o desemprego, R$ 3 mil no bolso e a paixão por pizza fossem resultar
num negócio que fatura R$ 26 milhões por ano?  Conversaram com Cristian Oalter Durante, formado em tecnologia da informação, e fundador, ao lado de sua mulher Ana Luiza Rocha, da Super Pizza Pan.

Conta que uma empresa, que deu início em uma periferia de Guarulhos, e hoje já se espalhou pelo estado de São Paulo com o total de 22 lojas, que estão vendendo em média, 35 mil pizzas por mês.

A ideia surgiu dos mesmos que eram consumidores de pizza de massa pan (mais grossa que a tradicional). O mesmo em 2006 ficou desempregado e com os R$ 3 mil que recebeu da recisão trabalhista comprou um forno e formas de tamanho brotinho para serem produzidas em casa, no bairro do Cocaia, na periferia de Guarulhos. Sua mulher ainda trabalhava em um shopping e durente alguns meses cuidos das contas, para que a Super Pizza Pan pudesse começar, e ajudava-o na fabricação das pizzas durante à noite.

Escolheram esse modelo de negócio porque para quem é de bairros mais afastados, é mais difícil ter acesso as pizzas de alta qualidade. Perceberam que tinham um nicho interessante onde moravam e começaram a produzir na cozinha de casa, mas sempre apostando em produtos de alto nível.            

Muitas vezes economizaram até o dinheiro da passagem para comprar o melhor produto para fazer as pizzas. Isso fez toda a diferença quando o boca a boca fez crescer na cidade e os moradores de bairros mais nobres descobriram.         

Com o crescimento, para manter o preço e qualidade foram atrás de fornecedores novos e negociaram com os antigos

Deixam claro que os principais desafios de ter uma pizzaria é “A grande concorrência. O importante é ter um diferencial, como ocorre com nossas massas exclusivas, produtos de alta qualidade e respeito pelo cliente.”

E dicas ditas por eles  para quem abre um negócio em casa são “Persistência, paciência e dedicação, além de cuidar do negócio com muito carinho.”

Um conselho que eles deixam para novos empreendedores que tendem usar a rescisão para abrir o negócio próprio é “Acreditar que é possível fazer o negócio acontecer e trabalhar duro para que o sonho se realize. Pode parecer clichê, mas é o trabalho árduo que faz o negócio com muito ou
pouco dinheiro. É importante fazer o primeiro investimento girar. Com R$ 3 mil comprei formas, o forno e os produtos para as primeiras pizzas. Com o que entrou, investi em
mais ingredientes para produzir mais, mas com qualidade sempre. Com a roda girando, o trabalho aumenta, mas a satisfação de tocar o próprio negócio é indescritível.”

Gostou da matéria? Leia a matéria completa em https://revistapegn.globo.com/Negocios/noticia/2018/03/aberta-com-r-3-mil-pizzaria-vira-rede-de-sucesso-e-fatura-r-26-milhoes-por-ano.html